Sobre a Revista

A Revista Brasileira de Iniciação Científica em Comunicação (INICIACOM) é uma publicação da Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, que tem o objetivo de valorizar o trabalho do estudante de cursos da área da Comunicação como pesquisador em formação.

A Intercom retoma a publicação da revista, que será anual, por acreditar na importância de garantir oportunidades aos discentes que experenciam ou já experenciaram a participação em projetos de ensino, pesquisa e extensão, em especial em atividades de iniciação científica.

A Iniciacom publica textos inéditos de estudantes de graduação em Comunicação e áreas afins e recém-formados até um ano após a conclusão do curso. Trabalhos apresentados em congressos ou no Intercom Regional podem ser publicados desde que haja uma nota de rodapé indicando as informações sobre o evento onde foi apresentado. Não serão publicados trabalhos apresentados no Intercom Júnior Nacional aprovados para publicação no e-book especial de cada congresso.


CONSELHO CIENTÍFICO DA INICIACOM

O Conselho Científico da Iniciacom é composto pelos coordenadores e vice-coordenadores das Divisões Temáticas do Intercom Júnior e pelas representantes da Diretoria Científica da Intercom:

IJ01 - JORNALISMO
Coordenadora: Mayra Fernanda Ferreira (Unesp)
Vice-coordenadora: Jemima Bispo (UFJF)

IJ02 - PUBLICIDADE E PROPAGANDA
Coordenador: Diogo Rógora Kawano (IFSULDEMINAS)
Vice-coordenador: Sergio dos Santos Clemente Junior (USP)

IJ03 - RELAÇÕES PÚBLICAS E COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
Coordenador: Diego Wander Santos da Silva (PUCRS)
Vice-coordenadora: Roseane Andrelo (Unesp)

IJ04 - COMUNICAÇÃO AUDIOVISUAL
Coordenador: José Tarcísio Oliveira Filho (UFRR)
Vice-coordenador: Andrei Maurey (PUC-Rio)

IJ05 - COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA
Coordenador: João Paulo Hergesel (PUC-Campinas)
Vice-coordenadora: Luana Ellen de Sales Inocêncio (UFF)

IJ06 - INTERFACES COMUNICACIONAIS
Coordenador: João Guilherme Peixoto (Unicap)
Vice-coordenador: Vinicius Ferreira Ribeiro Cordão (UFRJ)

IJ07 - COMUNICAÇÃO, ESPAÇO E CIDADANIA
Coordenadora: Suzana Cunha Lopes (UFPA)
Vice-coordenadora: Paula Coruja da Fonseca (UFRGS)

IJ08 - ESTUDOS INTERDISCIPLINARES DA COMUNICAÇÃO
Coordenadora: Juliana Fernandes Teixeira (UFPI)
Vice-coordenadora: Paula de Souza Paes (UFPB)


COMISSÃO EDITORIAL

A Comissão Editorial da Iniciacom é composta por:

Diretora Científica: Nair Prata (UFOP)
Diretoria Científica Adjunta: Hendryo André (UFPR) e Sílvio Simon
Diretor Editorial: Felipe Pena (UFF)
Diretor Editorial Adjunto: Erick Felinto (UERJ)
Editor Associado: Genio Nascimento (UAM)
Editor/Assistente Editorial: Flávio Santana (UMESP)


AVALIADORES

A proposta da Iniciacom é que os avaliadores foquem o parecer na possibilidade de (re) formulação do texto até a sua qualificação para publicação. A Iniciacom privilegia a orientação para a melhoria do trabalho, evitando reprovação sem que seja dada a chance de promover mudanças no texto.

O parecer inicial, então, deverá apresentar os pontos positivos e aqueles que devem ser aprimorados, com sugestões, encaminhamentos, modificações e até mesmo leituras.

O banco de pareceristas, seguindo a proposta de formação de novos quadros, é composto por mestrandos, doutorandos, mestres e doutores. Faça o seu cadastro aqui e seja também um parecerista da Iniciacom.

ACESSE AQUI a edição atual e anteriores


REVISTA INICIACOM ABRE CHAMADA PARA DOSSIÊ E UMA EDIÇÃO DE TEMÁTICA GERAL

A Revista Brasileira de Iniciação Científica em Comunicação (Iniciacom) abrirá chamada de artigos, entrevistas e resenhas no dia 06 de maio para Dossiê Temático, cujo tema é "Ciências da Comunicação contra a Desinformação" para lançamento em setembro durante 45º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2022), na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Os trabalhos devem ser submetidos no sistema da revista até o dia 10 de junho.

O tema da edição é o mesmo dos congresso da Intercom, e a prioridade é que o dossiê seja publicado em setembro. Até o prazo final, o sistema da revista ficará aberto também para submissões de temática geral que estejam interrelacionadas à Comunicação. A depender do tema, os trabalhos em situação de aprovação poderão ser publicados em uma nova edição prevista ainda para 2022.

O objetivo da Iniciacom é oportunizar publicações de textos de até 12 laudas de estudantes de graduação em Comunicação e/ou áreas afins e recém-formados até um ano após a conclusão do curso. Estudantes de graduação e recém-graduados de outras áreas podem submeter trabalhos, desde que estes se relacionem com a Comunicação.

O processo de avaliação pelos pares é realizado por mestrandos, doutorandos, mestres e doutores e tem foco na (re) formulação do texto com propostas de melhorias, a fim de torná-lo apto para publicação. A exigência é que os trabalhos sejam inéditos, mas aqueles apresentados e publicados em congressos podem ser submetidos, desde que haja uma nota de rodapé com esta informação. Trabalhos apresentados no Intercom Júnior (IJ) do congresso nacional da Intercom, aprovados para publicação no E-book especial, não serão aceitos.

Diretrizes e condições para submissão de trabalhos na Revista Iniciacom estão disponíveis no link: https://www.portalintercom.org.br/publicacoes/revista-iniciacom/revista-iniciacom-apresentacao

UMA NOVA EDIÇÃO EM JUNHO

Devido ao processo de manutenção do sistema de revistas da Intercom, será publicada uma nova edição em junho deste ano que contemplará os trabalhos submetidos em 2021 em situação de aprovação e, caso solicitadas alterações, que estas já tenham sido concluídas. Os autores e as autoras destes devem aguardar o contato da equipe editorial com a decisão final.

A Iniciacom leva em consideração as diretrizes do periódico, que garantem publicação dos trabalhos em até um ano, e a fim de considerar as submissões que se encontram em processo de avaliação.

Dúvidas e/ou outras informações, através do e-mail: iniciacom@intercom.org.br.

NORMAS DE PUBLICAÇÃO

Formatos de textos aceitos para publicação

1.Artigos

Os artigos, com extensão de seis a doze páginas, serão formatados em página A4 e fonte Times New Roman, corpo 12, com entrelinhas de 1,5.

Os textos devem ser formatados de acordo com o template (fazer download aqui).

Os textos devem contemplar, além de todas as orientações do template, introdução, apresentação da pesquisa, referencial teórico-metodológico, resultados (parciais ou totais), considerações finais e referências bibliográficas.

Os textos devem ser acompanhados de um resumo, formatado em espaçamento simples, com no máximo 450 caracteres (com espaços), contendo tema, objetivos, metodologia e o principal resultado alcançado. O resumo deve ser seguido de três a cinco palavras-chave.

Os títulos, o resumo e as palavras-chave dos artigos e dos dossiês devem ser acompanhados de versão em inglês.

2.Entrevistas

Entrevistas podem ter até dez páginas, com breve texto introdutório a respeito do entrevistado e enfoque em sua atuação acadêmica ou profissional. O restante do conteúdo deve ser disponibilizado em formato de pergunta e resposta. O texto deve ser encaminhado junto com uma foto do pesquisador ou profissional (extensão JPEG, 300 dpi), com a autorização para publicação da imagem e com o crédito do fotógrafo. Solicita-se não colar a foto no arquivo Word, mas anexá-la separadamente.

3.Resenha

As resenhas devem ter título próprio, que deve ser diferente do título do livro/filme, referência bibliográfica completa da obra resenhada incluindo o número de páginas e nome/instituição do autor da resenha. Além disso, a capa do volume resenhado (apenas para livros) deve ser digitalizada e encaminhada em formato JPEG, 300 dpi, em arquivo separado. A foto não deve ser colada no arquivo Word.

Em todos os casos, as colaborações devem conter breve currículo dos autores, de no máximo cinco linhas, e respectivos endereços eletrônicos.

Regras para Citações, Notas e Referências

As referências bibliográficas e citações deverão obedecer às normas atualizadas da ABNT.

1. Citações

As citações podem ser diretas ou indiretas, podendo estar em língua estrangeira desde que a tradução conste como nota de rodapé.

1.1. Citações diretas, literais ou textuais:

Inseridas no texto: As citações breves (até três linhas) são incluídas no próprio texto, entre aspas.

Em destaque: As citações com mais de três linhas aparecem em parágrafo(s) destacado(s) do texto corrido (com recuo na margem esquerda, corpo 11, em espaço simples entre linhas).

1.2. Citações indiretas

A fonte também deverá ser citada (autor, data, página) dentro do próprio parágrafo em que estão expostas as idéias do autor ou ao final do mesmo sob forma de nota bibliográfica.

2. Notas de rodapé

Usadas apenas para acrescentar informações relacionadas ao texto e importantes para o seu entendimento.

3. Referências

Todas as citações bibliográficas do texto devem compor uma lista final, cujas normas são:

3.1. Livros, teses, dissertações, monografias trabalhos científicos em geral

Quando a obra tem até três autores, mencionam-se todos, na ordem em que aparecem na publicação. Os nomes vêm separados por ponto-e-vírgula.

Se há mais de três autores, mencionam-se até os três primeiros, seguidos da expressão et al.

3.2. Capítulos de livros

a) De um autor em sua própria obra:

SAN MARTIN, Patrícia. Hipertexto: seis propuestas para este milenio. Buenos Aires: La Crujía, 2003. 205 p.

b) De um autor em uma coletânea:

BOYCE, Robert W.D. Falácias na interpretação de dados históricos e sociais. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis: Vozes, 2002, p. 445-469.

3.3. Documentos oficiais

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988.

3.4. Autoria institucional

FOLHA DE S. PAULO. Novo manual de redação. 4ª ed. São Paulo: Folha de S. Paulo, 1992, 331 p.

3.5. Autoria desconhecida

ENCICLOPÉDIA Barsa. 15ª ed. Rio de Janeiro: Encyclopaedia Britannica, 1979, 16 v.

3.6. Artigos de revistas científicas

GOMES, Eduardo Duarte. Cinema: a estética do cicio de Recife. Revista Brasileira de Comunicação. São Paulo: Intercom, v. 17, n. 1, p. 58-65, jan/jun 1994.

3.7. Congressos, seminários, conferências

CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 21, Recife, 07-12 set. 1998, Anais. Recife: INTERCOM, 1998.

3.8. Trabalhos apresentados em congressos, simpósios, conferências

GUIMARÃES, B. V. Rede Regional de Comunicação: uma experiência em progresso. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO DA REGIÃO SUDESTE, 11, 2006. Anais. Ribeirão Preto, SP: Centro Universitário Barão de Mauá/ Intercom, 2006, p. 1-16.

3.9. Documentos eletrônicos

a) Na web:

MICHAELS, Richard. The megahit movies, 1996. Disponível em: megahitmovies.com/megahits.htm. Acesso em: 17 de abril de 1999.

b) Em CD-ROM:

KOYRE, Alexandre. O mundo incerto. Intercom, set. 1998. CD-ROM.

c) Artigos de revista:

VIEIRA, Cassio Leite; LOPES, Marcelo. A queda do cometa. Neo Interativa, Rio de Janeiro, n. 2, inverno 1994. 1 CD-ROM.

d) Artigos em jornais:

LlCHOTE, Leonardo (22 out. 2003), Jeremias, o Born, renasce em livro e continua ótimo. O Globo [Online], 4 parágrafos, Disponível em: oglobo.globo.com/jornal/suplementos/segundoca.

3.10. Imagem em movimento

OS PERIGOS do uso de tóxicos. Produção de Jorge Ramos de Andrade. Coordenação de Maria Izabel Azevedo. São Paulo: CERAVI, 1983, 1 videocassete (30 min), VHS, son., color.

3.11. Documento iconográfico - pintura, gravura, fotografia, transparência, cartaz

KOBAYASHI, K. Doença dos xavantes, 1980. 1 fotografia. O que acreditar em relação à maconha. São Paulo: CERAVI, 1985, 22 transparências, color., 25 cm x 20 cm.

3.12. Documento sonoro: disco, CD, cassete, fita de rolo

ALCIONE. Ouro e cobre. São Paulo: RCA Victor, p 1998. 1 disco sonoro.