A "Pedagogia da Autonomia" de Freire e a "Autocomunicação de Massa" de Castells no fortalecimento do protagonismo estudantil na educação híbrida em tempos de pandemia

Autores

Palavras-chave:

Autonomia, Autocomunicação de Massa, Protagonismo Estudantil, Educação Híbrida

Resumo

Este artigo busca extrair as contribuições dos conceitos de "Autonomia" de Paulo Freire e de "Autocomunicação de Massa" de Manuel Castells para ajudar na compreensão dos processos de fortalecimento do protagonismo estudantil em tempos de hibridismo na educação. Como metodologia, optou-se por uma abordagem qualitativa, aplicando a técnica de pesquisa bibliográfica, a fim de analisar a literatura dos conceitos supracitados dentro do atual contexto de Covid-19. Entre os resultados da pesquisa, além de consolidar o princípio do protagonismo estudantil como o "pilar central" para o êxito da educação híbrida, evidenciou-se a urgente necessidade de, inicialmente, alfabetizar e conscientizar o estudante à cidadania digital e, concomitantemente, alinhar os atuais paradigmas pedagógicos universitários ao novo perfil do estudante da era digital.

 

Biografia do Autor

Talvacy Chaves de Freitas, Faculdade Católica do Rio Grande do Norte (FCRN)

Possui graduação em Filosofia pelo Seminário Arquidiocesano da Paraíba e Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza. Possui bacharelado e mestrado em Comunicação Social pela Universidade Pontifícia Salesiana de Roma (2012) e doutorado em Comunicação Social pela Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), em co-tutela com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). É professor da Faculdade Católica do Rio Grande do Norte (FCRN) e Vigário da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Apodi, RN. 

Juciano de Sousa Lacerda, UFRN/Docente Magistério Superior

Professor Associado II do Curso de Comunicação Social da UFRN. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia, na linha de pesquisa Estudos da Mídia e Práticas Sociais. Pós-doutorado pela Universidade Autônoma de Barcelona-UAB (Bolsista da Capes/Programa de Estágio Sênior no Exterior, 2017-2018). Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2008). É coordenador do Grupo de Pesquisa Pragmática da Comunicação e da Mídia (PRAGMA-UFRN). É pesquisador do projeto de inovação Pesquisa Aplicada para Integração Inteligente Orientada ao Fortalecimento das Redes de Atenção para Resposta Rápida à Sífilis (LAIS/SEDIS/NESC/UFRN/OPAS/MS 2018-2021). Coordenou na UFRN o PROCAD Comunicação e Mediações em Contextos Regionais: Usos Midiáticos, Culturais e Linguagens (USP/UFRN/UFMS, EDITAL N° 071/2013 - PROGRAMA NACIONAL DE COOPERAÇO ACADÊMICA - 2014-17). Coordenou o GT Comunicação e Cidadania da Compós - Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, para o exercício 2017-2018.

Publicado

14-12-2021

Como Citar

DE FREITAS, T. C.; LACERDA, J. de S. A "Pedagogia da Autonomia" de Freire e a "Autocomunicação de Massa" de Castells no fortalecimento do protagonismo estudantil na educação híbrida em tempos de pandemia. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 44, n. 3, 2021. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/3538. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos