Manejo de pastagens e narrativas em contraste na ficção audiovisual

análise discursiva da série The Crown

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1809-58442023109pt

Palavras-chave:

Análise de discurso, Narrativas em contraste, Agropecuária, Cena enunciativa, Cenografia

Resumo

O universo agrário costuma ser explorado por enunciados dos gêneros científicos ou técnicos, voltados a especialistas. No entanto, um episódio da série The Crown, disponível na Netflix, o explora de maneira peculiar ao apresentar o interesse da rainha Elizabeth II em relação à criação de cavalos. Por isso, o episódio é a instância de análise deste artigo, que objetiva estabelecer uma leitura sobre como os sentidos do domínio agrário circulam em ambientes urbanos, em meios audiovisuais de narrativa ficcional por meio da compreensão das circunstâncias em que termos técnicos, como manejo de pastagens, são inseridos na trama enunciativa. As cenas de enunciação indicam condições de produção e atribuição de sentidos que são avaliadas sob o suporte teórico-metodológico da análise de discurso francesa. O estudo identifica a construção de narrativas em contraste como forma de posicionar o tema em segundo plano, embora reconheça convergências em relação aos sentidos construídos na enunciação.

Biografia do Autor

Ana Maria Dantas de Maio, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. São Carlos – SP, Brasil

Jornalista da Embrapa Pecuária Sudeste - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - em São CarlosSP. Desde maio de 2021 está cedida à Superintendência de Agricultura e Pecuária de São Paulo (SFASP). É doutora em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp) e mestre em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). É formada em Comunicação Social – Habilitação Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina-PR (UEL). Faz parte do Grupo de Pesquisa Jorcom – O Jornalismo na Comunicação Organizacional, certificado pela ECA/USP e presente no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq.

Marcelo Pereira da Silva, Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Campinas – SP, Brasil

Possui pós-doutorado em Comunicação e é docente permanente do Mestrado Interdisciplinar em Linguagens, Mídia e Arte e do curso de Relações Públicas da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP), em Campinas-SP. Fez doutorado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp) e mestrado em Comunicação Midiática pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). É formado em Relações Públicas pela Unesp de Bauru-SP.

Alesssandra Rodrigues da Silva, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Brasília – DF, Brasil

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (Unb). Mestra em Ciência da Informação, especialista em Organização da Informação em Ambientes Digitais e bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atua, desde 2011, como analista em gestão da informação na Embrapa, em Brasília-DF. Integra o grupo de pesquisa #Folkcolab, certificado pela UFRJ. Desenvolve trabalhos e estudos sobre organização e gestão de dados, da informação e do conhecimento, bem como de análise de discurso.

Publicado

09-10-2023

Como Citar

MAIO, A. M. D. de; SILVA, M. P. da; SILVA, A. R. da. Manejo de pastagens e narrativas em contraste na ficção audiovisual: análise discursiva da série The Crown. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 46, p. e2023109, 2023. DOI: 10.1590/1809-58442023109pt. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/4195. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos