Digitalização e acesso aberto na publicação em Ciências da Comunicação: o caso português

Autores

  • Paulo Serra

DOI:

https://doi.org/10.1590/rbcc.v36i2.1784

Palavras-chave:

Publicação. Digitalização. Acesso Aberto. Ciências da Comunicação. Portugal.

Resumo

A publicação é, sem dúvida, um dos imperativos básicos da ciência. A era digital veio tornar essa publicação cada vez mais fácil, barata e acessível. Nesse sentido, o artigo tem dois objetivos essenciais. O primeiro é o de descrever e avaliar a publicação portuguesa na área das Ciências da Comunicação no que se refere a fatores como a quantidade de materiais disponíveis online, a natureza desses materiais (digitais ou shovelware) e a sua acessibilidade (open access).Tendo como base essa descrição e avaliação do caso português, o texto tem como segundo objetivo proceder a algumas reflexões sobre a questão da internacionalização da publicação em língua portuguesa e as formas de contrariar a hegemonia da língua inglesa como língua franca da ciência.

Biografia do Autor

Paulo Serra

Professor doutor dos cursos de Pós-graduação em Ciências da Comunicação, Departamento de Comunicação e Artes, da Universidade da Beira Interior, Beira Interior – Portugal, e investigador do Laboratório de Comunicação Online (Lab-Com), do Instituto Coordenador da Investigação (ICI) – E-mail: pserra@ubi.pt

Downloads

Publicado

12-12-2013

Como Citar

SERRA, P. Digitalização e acesso aberto na publicação em Ciências da Comunicação: o caso português. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 36, n. 2, 2013. DOI: 10.1590/rbcc.v36i2.1784. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/1784. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos