Cooperativas de Comunicadores: possibilidades, contradições e cenário argentino

Autores

  • Rafael Grohmann Faculdade Cásper Líbero

Palavras-chave:

Comunicação, Cooperativas, Trabalho, Argentina, Alternativas

Resumo

O artigo tem por objetivo situar o debate sobre cooperativas de trabalhadores de comunicação. Para tanto: a) posiciona a discussão em um cenário de flexibilização e individualização das situações de trabalho dos comunicadores; b) discute a atualidade das cooperativas, entre possibilidades de utopias reais e projetos radicais e contradições envolvendo o modo de produção capitalista; c) descreve algumas experiências cooperativas de trabalhadores de comunicação, com ênfase no cenário argentino atualmente, onde a área de comunicação foi a que mais cresceu em termos de cooperativas nos últimos dois anos.

Biografia do Autor

Rafael Grohmann, Faculdade Cásper Líbero

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero. Coordenador do grupo de pesquisa DigiLabour: comunicação, mundo do trabalho e tecnologias digitais. Co-autor do livro “As mudanças no mundo do trabalho do jornalistaâ€. E-mail: rafael-ng@uol.com.br

Publicado

02-12-2019

Como Citar

GROHMANN, R. Cooperativas de Comunicadores: possibilidades, contradições e cenário argentino. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 42, n. 3, 2019. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/3160. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos