Indícios de colonialidade no pensamento comunicacional brasileiro

o primeiro quadriênio online da Compós (2000-2003)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1809-58442022103pt

Palavras-chave:

América Latina, Colonialidade, Compós, Epistemologia da Comunicação, Teorias da Comunicação

Resumo

O artigo investiga em que medida indícios da colonialidade moderna europeia ocidental e norte-americana se fazem presentes na área de Comunicação no Brasil. O trabalho considera que há colonialidade do saber latino-americano, delimitado nas abordagens comunicacionais brasileiras, elaboradas e sistematizadas nos anais do primeiro quadriênio (2000-2003) do Encontro Compós, período não estudado por outros trabalhos. O evento é um dos principais da área no país. A investigação considera, sobretudo, a categoria de nacionalidade, bem como o gênero e a cor da pele das autorias, que reverberam tal colonialidade. A análise dos dados, coletados manualmente, foi feita por meio da linguagem de programação R e atentou para obras e autores/as mais citados/as, conforme as categorias. Os resultados evidenciam a prevalência de referências de autores brancos, europeus e norte-americanos.

Biografia do Autor

Tiago Barcelos Pereira Salgado, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Belo Horizonte - MG, Brasil

Doutor em Comunicação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós-doutorado em
Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Pesquisador colaborador dos grupos de pesquisa Campo Comunicacional e suas Interfaces (CNPq/PUC Minas) e MediaAção (UFMG).

Maria Ângela Mattos, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Belo Horizonte - MG, Brasil

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pós-doutorado em Comunicação pelo Instituto Tecnológico y de Estudios Superiores de Occidente (ITESO, México). Ex-docente dos cursos de Graduação e de Pós-Graduação em Comunicação da PUC Minas. Coordenadora do grupo de pesquisa Campo Comunicacional e suas Interfaces (CNPq/PUC Minas) e pesquisadora colaboradora do MediaAção (UFMG).

Publicado

25-05-2022

Como Citar

SALGADO, T. B. P.; MATTOS, M. Ângela. Indícios de colonialidade no pensamento comunicacional brasileiro: o primeiro quadriênio online da Compós (2000-2003). Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 45, p. e2022103, 2022. DOI: 10.1590/1809-58442022103pt. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/3917. Acesso em: 9 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos