As revistas científicas de Comunicação Organizacional e suas marcas epistemológicas: um estudo comparativo entre França e Brasil

Autores

  • Arlette Bouzon Université Paul Sabatier -Toulouse3, Departamento de Ciências da Informação e Comunicação, Curso de Comunicação. Toulouse - França
  • Ivone de Lourdes de Oliveira Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Faculdade de Comunicação e Artes, Programa de Pós-graduação em Comunicação Social. Belo Horizonte - MG, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.1590/rbcc.v38i1.2208

Palavras-chave:

Abordagens epistemológicas. Revista acadêmica. Comunicação Organizacional.

Resumo

Nosso objetivo é oferecer um panorama epistemológico da Comunicação
Organizacional a partir da análise de duas revistas especializadas no tema, uma da França, Communication & Organisation e outra do Brasil, Organicom. Para isso estabelecemos um quadro comparativo entre a abordagem epistemológica, o processo metodológico e a fundamentação teórica adotada nos artigos das duas revistas e elaboramos uma classificação a partir da postura epistemológica – positivista, interpretativa e crítica – dos autores. Tomamos como referência a experiência metodológica desenvolvida por Morillon, Aldebert Szafrajzen (2010) em outra pesquisa, na qual analisaram as palavras chave, o resumo, a metodologia e as referências bibliográficas. Com o inventário podemos perceber a riqueza do nosso objeto de estudo, mas a frágil explicitação epistemológica e metodológica no nosso campo.

Biografia do Autor

Arlette Bouzon, Université Paul Sabatier -Toulouse3, Departamento de Ciências da Informação e Comunicação, Curso de Comunicação. Toulouse - França

Doutora pela Université Celsa-Paris IV – Sorbonne França. Membro do Laboratoire d’Études et de Recherches Apliquées en Sciences Sociales (Lerass). Professora do Curso de Comunicação do Departamento de Ciências da Informação e Comunicação da Université Paul Sabatier. Coordena o Grupo de pesquisa “Organicom”, além da seção temática  Comunicación y Estrategia, da European Communicatioin Research and Education Association (Ecrea). Autora do livro Etudier la communication organisationnelle: champs,  concepts, perspectives.

Ivone de Lourdes de Oliveira, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Faculdade de Comunicação e Artes, Programa de Pós-graduação em Comunicação Social. Belo Horizonte - MG, Brasil

Doutora pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Faculdade de Comunicação e Artes da PUC-MG. Coordenadora do Grupo de pesquisa “Comunicação no contexto das organizações: aspectos teóricos e conceituais”. Membro do Conselho Consultivo da Abrapcorp – Associação  Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Relações Públicas. Coautora do livro O que é comunicação estratégica nas organizações? Co-organizadora das obras: Interfaces e tendências da comunicação no contexto das organizações; Propostas Conceituais para a Comunicação no contexto  organizacional; A Comunicação na Gestão da Sustentabilidade das organizações; Redes Sociais, Organização, Comunicação  e Discurso, Organização, Comunicação.

Publicado

14-05-2015

Como Citar

BOUZON, A.; OLIVEIRA, I. de L. de. As revistas científicas de Comunicação Organizacional e suas marcas epistemológicas: um estudo comparativo entre França e Brasil. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 38, n. 1, 2015. DOI: 10.1590/rbcc.v38i1.2208. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/2208. Acesso em: 2 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos