Análise comparativa entre os meses iniciais de 2020 e 2021 no processo de monotematização da cobertura jornalística durante a pandemia da COVID-19 no Jornal Nacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1809-58442022105pt

Palavras-chave:

Monotematização, Cobertura jornalística, COVID-19, Jornal Nacional

Resumo

Este artigo tem como objetivo compreender os processos jornalísticos da cobertura da pandemia da COVID-19 pelo Jornal Nacional da Rede Globo, no período 2020-2021, direcionando a atenção jornalística para uma análise comparativa da cobertura temática. Considera-se que desde o surgimento da doença, e suas consequências, as atenções dos jornalistas foram divididas em três crises políticas geradas pelo Governo Federal. Estes fatos dividem os tempos de cobertura dos telejornais com a maior crise sanitária, em escala global, no século XXI. Como método de pesquisa, procurou-se utilizar as pesquisas bibliográfica e exploratória e a técnica da Análise de Conteúdo, para poder comparar a partir das reportagens como as crises sanitárias e políticas se imbricaram e se tornaram uma crise política de saúde pública.

Biografia do Autor

Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira, Universidade Federal de Pelotas. Pelotas – RS, Brasil

Pós-doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior (Portugal). Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo. Professor Associado da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia (PPGB/UFCA). Pesquisador do Laboratório de Pesquisa Avançada em Jornalismo - LABJor/UFPEL.

José Jullian Gomes de Souza, Universidade Federal do Cariri. Juazeiro do Norte – CE, Brasil

Mestre em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Cariri. Bacharel em Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará. Pesquisador do Centro de Estudos e Pesquisa em Jornalismo - CEPEJor/UFCA.

Cleide Luciane Antoniutti, Universidade Federal do Cariri. Juazeiro do Norte – CE, Brasil

Pós-doutora em Comunicação pela Universidade Federal do Paraná. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/IBICT). Pesquisadora do Centro de Estudos e Pesquisa em Jornalismo (CNPq/CEPEJor ). Professora Adjunta da Universidade Federal do Cariri, Curso de Jornalismo.

Wesley Guilherme Idelfoncio Vasconcelos, Universidade Federal do Cariri. Juazeiro do Norte – CE, Brasil

Bacharel em Jornalismo pela Universidade Federal do Cariri (UFCA). Membro do Centro de Estudos e Pesquisa em Jornalismo (CNPq/CEPEJor).

Lucas Sobreira Galvão Sales, Universidade Federal do Cariri. Juazeiro do Norte – CE, Brasil

Graduando em Jornalismo pela Universidade Federal do Cariri (UFCA). Bolsista de Iniciação Científica do CNPq/UFCA. Membro do Centro de Estudos e Pesquisa em Jornalismo (CNPq/CEPEJor).

Thais Suiane Santos da Silva, Universidade Federal do Cariri. Juazeiro do Norte – CE, Brasil

Bacharela em Jornalismo pela Universidade Federal do Cariri (UFCA). Membro do Centro de Estudos e Pesquisa em Jornalismo (CNPq/CEPEJor).

Publicado

25-05-2022

Como Citar

CAJAZEIRA, P. E. S. L.; SOUZA, J. J. G. de; ANTONIUTTI, C. L.; VASCONCELOS, W. G. I.; SALES, L. S. G.; SILVA, T. S. S. da. Análise comparativa entre os meses iniciais de 2020 e 2021 no processo de monotematização da cobertura jornalística durante a pandemia da COVID-19 no Jornal Nacional. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 45, p. e2022105, 2022. DOI: 10.1590/1809-58442022105pt. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/3861. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos