Bolsonaro riu disso e eu também

o sarcasmo como retórica de vínculo em conversações on-line sobre os cortes na educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1809-58442022124pt

Palavras-chave:

Conversações on-line, Deliberação, Retórica, Sarcasmo, Redes sociais digitais

Resumo

À luz da teoria deliberativa e partindo dos conceitos de retórica de vínculo e retórica de conciliação (Dryzek, 2010), este artigo tem como proposta investigar de que maneiras o sarcasmo foi instrumentalizado em conversações on-line no Facebook e YouTube sobre cortes orçamentários da educação promovidos em 2019 pelo Ministério da Educação (MEC). Neles, o sarcasmo foi o recurso argumentativo mais empregado, frequentemente associado ao insulto, contribuindo com o acirramento de uma discussão polarizada. Os comentários sarcásticos apresentam baixos índices de justificação, são majoritariamente declaratórios e, em maior grau, possuem um alvo genérico ou específico, gerando um efeito de oposição e conflito, e criando vínculo com indivíduos que compreendem o sentido da mensagem e concordam com o interlocutor.

Biografia do Autor

Carla Candida Rizzotto, Universidade Federal do Paraná. Curitiba - PR, Brasil

Doutora em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná. Professora e pesquisadora do Departamento de Comunicação e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Coordenadora do grupo de pesquisa Comunicação e Participação Política (Compa).

Luciane Leopoldo Belin, Universidade Federal do Paraná. Curitiba - PR, Brasil

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná (UFPR) com período sanduíche na Universidad Nacional de Cuyo (UNCUYO), na Argentina. Mestre em Comunicação pela UFPR e pesquisadora do grupo de pesquisa Comunicação e Participação Política (Compa).

Nilton César Monastier Kleina, Universidade Federal do Paraná. Curitiba - PR, Brasil

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professor substituto em Comunicação Institucional do Setor de Educação Profi ssional e Técnica (SEPT) da UFPR. Mestre em Comunicação pela UFPR e pesquisador do grupo de pesquisa Comunicação e Participação Política (Compa).

Camilla de Azevedo Pinheiro Hoshino, Universidade Federal do Paraná. Curitiba - PR, Brasil

Mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e jornalista. Pesquisadora do grupo de pesquisa Comunicação e Participação Política (Compa).

Vitor Adriano Liebel, Universidade Federal do Paraná. Curitiba - PR, Brasil

Mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Graduado em Letras Português- Inglês pela UFPR e pesquisador do grupo de pesquisa Comunicação e Participação Política (Compa).

Publicado

05-12-2022

Como Citar

RIZZOTTO, C. C.; BELIN, L. L.; KLEINA, N. C. M.; HOSHINO, C. de A. P.; LIEBEL, V. A. Bolsonaro riu disso e eu também: o sarcasmo como retórica de vínculo em conversações on-line sobre os cortes na educação. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 45, p. e2022124, 2022. DOI: 10.1590/1809-58442022124pt. Disponível em: https://revistas.intercom.org.br/index.php/revistaintercom/article/view/3925. Acesso em: 2 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos